R. Tenente Gomes Ribeiro
n.78 - Conj 111/114
Seg - Sexta
9h00 às 18h00
11. 5084-2976
11. 98251-0045
11. 5084-8173
atendimento@zucchiginecologia.med.br

Expressão da PA27 no epitélio normal e no condiloma da vulva de mulheres com sorologia positiva e negativa para HIV

Esta tese foi apresentada á Universidade Federal de São Paulo, escola paulista de Medicina para obtenção do titulo de Mestre em ginecologia.

Objetivo: A avaliação comparativa da expressão da proteína p27 no epitélio normal e em condilomas de vulva de pacientes com sorologia positiva e negativa para HIV. O condiloma da vulva é doença produzida pelo HPV (papilomavirus humano). A proteína p27 resultante da transcrição do gene p27, que é considerado um supressor tumoral porque inibe as cíclicas dependentes da quinase (CDK) fazendo com que a célula permaneça estacionada em G1.

Casuísticas e Métodos: Foram avaliadas oito amostras de epitélio vulvar normal (grupoA), 10 de condiloma de vulva em pacientes HIV negativo(grupo B)e  as outras oito de condiloma de vulva em pacientes HIV positivo (grupo c), por meio de imuno-histoquimica utilizando-se anticorpo monocional de camundogo (monocional Mouse;anti human p27,clone 5x53GB) .

Avaliou-se a imunoexpressão com aumento de 400x, contando-se no mínimo 1000 celular por lamina.

Resultados:  Os resultados obtidos foram: a) quando se comparam os grupos A e B e os grupos A e C, observou-se diferença significativa  quanto a expressão da p27 que foi encontrara e 63,62% no grupo A e em apenas 13,35% e em 18,89% nos grupos B e C, respectivamente: b) ao se comparara os grupos B e C entre si, não houve diferença significativa.Notamos ainda que a expressão da proteína p27 foi mais uniforme e acentuada na camada basal e na periferia das papilas, diminuindo  no sentido da base para a superfície do epitélio.

 

Conclusão: Concluímos que nos condilomas vulvares a expressão da p27 está acentualmente  diminuída, tanto nos casos soropositivos como nos soronegativos para HIV.

Leave a Reply